logo norte 2020

login

ENG

Ferreirim é uma pequena freguesia do concelho de Sernancelhe, a largos quilómetros das principais vias de acesso, mas com empresas que têm conseguido ultrapassar eventuais constrangimentos de territórios de baixa densidade. A Frusantos é uma das empresas embaixadoras deste lugar e aliou a aposta na tecnologia ao marketing para se fazer ouvir e notar no mercado.

Sex, 07/12/2018 - 16:49

Nas vésperas de assinalar 60 anos, o foco da Adega Cooperativa de Ponte de Lima é fazer o vinho verde brilhar. Os mercados externos justificam parte significativa do investimento e com o apoio do NORTE 2020 tem mantido uma aproximação mais estreita com distribuidores dos EUA, do Canadá, da Europa e do Japão.

Sex, 10/08/2018 - 12:28

O Caminho Português da Costa é feito de 150 quilómetros do Porto a Santiago de Compostela, com dificuldade média-baixa para os peregrinos e com muito alento para os 10 municípios que investiram na valorização do percurso. O objetivo é atrair ainda mais peregrinos, muitos dos quais estrangeiros, e valorizar o percurso com sinalética, alojamento e aplicativos digitais com informação de interesse.

Qua, 08/08/2018 - 12:19

O NORTE 2020 lançou um novo concurso (Aviso N.º 27/SI/2018) dirigido a empresas já exportadoras da região com investimentos que reforcem o comércio internacional de bens e serviços. Esta oportunidade de financiamento valoriza em particular a adoção do comércio eletrónico como ferramenta de internacionalização assente em estratégias de e-commerce e de transformação digital.

Ter, 07/08/2018 - 17:00

A Fórum Oceano – Associação da Economia do Mar tem concentrado esforços na internacionalização de mais de 50 empresas da região com atividade relacionada à economia do mar. A auscultação dos mercados externos, a promoção de reuniões bilaterais e a realização de workshops tem permitido que os empresários associados alinhem melhor as suas apostas na internacionalização, explica Carla Domingues, Gestora de Projetos da Fórum Oceano, sempre de olhos bem postos no mar.

Sex, 03/08/2018 - 12:41

Sofia Bergqvist, CEO da Quinta de La Rosa, lançou-se no desafio da internacionalização dos vinhos convicta que mais vendas no exterior seriam sinónimo de mais visitas de turistas à região. Com rasgo no negócio e um forte afeto pelo Douro, características que herdou do pai Tim, mentor da empresa, Sofia Bergqvist testemunha que o investimento nas exportações do vinho catapultou o número de visitas e dormidas na quinta. A empresária tem em mãos um plano que conjuga a aposta no branding, à promoção do novo website com a realização de encontros com distribuidores de vinhos.

Qui, 02/08/2018 - 12:17

“Internacionalização não é só exportar produtos. É conhecer os mercados e explorá-los em função das nossas características”. O conselho é de Luís Antunes, CEO da Eleutério Jewels e neto do fundador da empresa que cobre mercados de alta joalharia. A presença na feira internacional de Las Vegas, a mais elitista do ramo, ou as exposições no British Museum, em Londres, e no aniversário da Rolls-Royce fazem parte dos destinos da Eleutério, com sede na Póvoa de Varzim. Para aqui chegar Luís Antunes confessa que tem o privilégio de trabalhar com matérias-primas fundamentais.

Qui, 26/07/2018 - 16:17

Desafiado pelo treinador e atento a uma oportunidade de mercado, o empreendedor Carlos Almeida lançou-se no mundo dos negócios com a marca “BOXPT” e o comércio de equipamento de treino para crossfit, treino funcional e desporto de alto rendimento. O ritmo acelerado dos negócios e a procura dos mercados externos ditou o rumo das vendas para Espanha, França e Brasil. Só em 2017, a marca esteve presente em 25 eventos nestes países e a expetativa é que no final de 2018 as exportações já representem cerca de 60 por cento da faturação.

Qua, 18/07/2018 - 12:09

O pioneirismo e a inovação da Visound Acústica, empresa de Paços de Ferreira que produz soluções de isolamento acústico com forte componente de design, justificam a internacionalização do negócio desde o seu surgimento. Com 11 anos de atividade, o próximo passo é a construção de uma terceira fábrica para responder às encomendas só dos EUA.

Qui, 05/07/2018 - 16:45

A SEPRI, empresa com sede em Braga especializada em emergência médica, higiene e segurança no trabalho, demorou 20 anos a apostar em mercados externos. Já o retorno desta aposta foi mais imediato e em 5 anos a internacionalização ultrapassou os 50 por cento da faturação da empresa. O apoio do NORTE 2020 foi, segundo o diretor da empresa, o “trampolim” para este investimento já com provas dadas em Angola e Moçambique, especialmente em locais remotos onde os hospitais mais próximos ficam a 400 quilómetros de distância.

Qua, 04/07/2018 - 10:53

Páginas

Últimas Atualizações